PROJETO CEO: CAMPOS DE EVANGELIZAÇÃO E ORAÇÃO

CHEGOU A HORA! Se você é membro da Primeira Igreja Presbiteriana de Resplendor e “acha” que a chave para o crescimento da Igreja não é o evangelismo e o discipulado, regados a muita oração, deveria questionar sua fé, sua compreensão das Escrituras e até o seu relacionamento com Deus. Que fé é essa que não inspira outras pessoas? Que compreensão da Bíblia é essa que ignora o aspecto da Grande Comissão? Que relacionamento com Deus é esse que prima pela individualidade e não pelo Corpo?

Irmãos e irmãs amados (as), estou convencido que nossa Igreja deve restaurar o fervor evangelístico e a dedicação no discipulado. É aqui que está a vontade de Deus para cada um de nós: evangelizar e discipular. Estou certo que nem todos se empenharão em nosso Projeto, mas os poucos que se despertarem verão que a Palavra de Deus não volta vazia, mas cumpre seu propósito (Is 55.11).

Dentro do boletim apresento o Projeto CEO: Campos de Evangelização e Oração. É “campo” porque envolve “preparação”, é “evangelização” porque envolve “semeadura”, é “oração” porque envolve “colheita”. Assim, o Projeto/Estratégia tem por objetivo ir onde as pessoas estão (os campos), semear-lhes a Palavra no coração (evangelização e discipulado) e orar para que haja transformação.

Já tive muitas experiências positvas com as estratégias envolvendo grupos de trabalho. A presença das pessoas, o desenvolvimento dos dons e o crescimento da Igreja são muito maiores do que em outras estratégias clássicas. Assim, a partir das orientações bíblicas em Atos dos apóstolos (At 1. 1, At 2.46-47, At 5.42, At 10, At 12.9-17, At 16.40, At 20.7-12, At 20.20) a premissa é que em cada campo de evangelização e oração possamos levar às pessoas o puro, simples e genuíno Evangelho de Jesus Cristo, discipulando-as e orando com elas.

E a Reunião de Oração da Igreja? Ela vai terminar? É claro que não, irmãos. Além do despertamento vagaroso para a oração que temos percebido pelas manhãs (primeira semana de cada mês) e noites (última semana de cada mês), levaremos a reunião de oração para os lares das pessoas, para um ambiente familiar e próximo, para o contato com as verdadeiras necessidades das pessoas. Apenas sairemos do Templo. Oraremos nos lares e, a cada dia, veremos o quão melhor é orar assim.

Igreja, evangelizar é falar do Evangelho. É apregoar as boas-novas de salvação. Envolve apresentar Jesus Cristo como único Senhor, Salvaldor e Mediador entre Deus e os homens. Igualmente, o discipulado é um caminho de aprendizado. É a necessária atitude de aprender e seguir os passos do Mestre. O discípulo não é maior que seu Mestre, mas almeja ser como Ele um dia. Igreja, evangelize e discipule. Igreja, desperte e se envolva! Igreja, cresça e avance em nome de Jesus, amém.

Rev. Ângelo Vieira da Silva

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios *

*